Shaping the future of animal health
Portugal

Após a esterilização: conselhos gerais a implementar!

complexe_cão.png

1 Taxas de esterilização médias no Reino Unido, Alemanha, Espanha, França e Itália. Inquérito FACCO-TNS-SOFRES_2014.

2 Jeunette I, Detilleux J, Cuvelier C, et al. Al libitum feeding following ovariectomy in female Beagle dogs: effects on maintenance energy requirements and on blood metabolites. J Anim Physiol Anim Nutr 2004; 88: 117-121.

3 Yam PS, et al. Impact of canine overweight and obesity on health-related quality of life. Prev Vet Med 2016; 127: 105-112.

4 Estudo interactivo Harris / Virbac, March 2016, inquérito de satisfação dos donos com 121 donos de cães e 101 donos de gatos.

weight-gain-compared-dog.png

COMPARAÇÃO ENTRE O AUMENTO DE PESO NO HOMEM E NO CÃO

Quando um cão pequeno aumenta 250g, equivale a um homem de 70kg aumentar 3,5kg. Quando o mesmo cão está com 2kg de peso a mais, o seu peso aumentou 40%! Neste ponto, fala-se em obesidade "mórbida" uma vez que está associada a problemas de saúde. É o que acontece quando um indivíduo de 70kg se aproxima dos 100kg.

 

  1. Controle bem a dose diária de alimento
    A quantidade de alimento a administrar diariamente deve ser cuidadosamente avaliada.

    Cerca de 20% dos donos alimentam os seus cães sem medirem o que lhes dão8. De modo a manter o seu cão esterilizado com um peso saudável, é necessário limitar a quantidade de alimento que este consome diariamente. Não é apropriado fornecer alimento sempre que o animal pede! De forma a manter o seu cão em forma, mantenha-se fiel à dose diária recomendada pelo Médico Veterinário. Meça cautelosamente a quantodade de alimento a dar usando um copo de medida ou, melhor ainda, pesando o alimento numa balança de cozinha para evitar qualquer risco de erro. Uma porção aparentemente pequena de gramas extra por dia pode ter um peso final grande no equilíbrio calórico, especialmente se estivermos perante um cão pequeno.

    8 Estudo interactivo Harris/ Virbac, Março 2016, inquérito de satisfação dos donos, com 121 donos de cães e 101 donos de gatos.

  2. Escolha um comedouro adaptado ao tamanho do seu cão

    Alimente o seu cão num comedouro adaptado à quantidade de alimento que ele ingere. De facto, foi demonstrado que, quanto maior o comedouro, maior a tendência dos tutores para darem alimento em excesso aos seus cães9.

    9Murphy M, et al. Size of food bowl and scoop affects amount of food owners feed their dogs. J Anim Physiol a Anim Nutr 2012; 96: 237-241

  3. Limite a oferta de recompensas e restos de comida

    Para que o cão se mantenha no seu peso ideal ao longo da vida, é evidentemente necessário que toda a família adira a este código de conduta em relação ao cão. Se as crianças tiverem o hábito de alimentar o cão, ou se o cão sistematicamente terminar as refeições das crianças, as consequências aparecerão imediatamente na sua silhueta.

  4. Pese e observe o seu cão com regularidade

    De modo a monitorizar de perto o peso do seu cão após a esterilização, pese-o duas vezes por mês, no mínimo. É sempre mais fácil intervir cedo, de modo a rectificar a situação.

    O animal deve ser pesado sempre à mesma hora e usando a mesma balança. Quando se tratar de um cão pequeno, a balança deverá ser suficientemente sensível  para detectar diferenças de 10 gramas. Não hesite em perguntar ao seu Médico Veterinário se pode passar regularmente na clínica para pesar o seu cão. Do mesmo modo, se lhe parecer que o peso do seu cão está a aumentar (ainda que devagar), fale com o seu Médico Veterinário. Ele irá aconselhá-lo acerca da dieta do seu cão, de acordo com a idade, raça e estilo de vida do mesmo.

    Quadro esterilização.png                                                                                                                                                  ►Descarregar a tabela

  5. Avalie com regularidade a condição corporal do seu cão

    Condição corporal cão_gráfico.png

    Perguntar vet-tirar foto.png

  6. Incentive o seu cão a fazer exercício

    A falta de exercício promove o aumento de peso. De modo a manter o seu cão no peso ideal, deve encorajá-lo a gastar energia todos os dias. A proporção de cães com excesso de peso a viver em apartamentos é maior do que a dos cães que vivem no exterior. Mas não nos convençamos que basta colocar o nosso cão no jardim e esperar que ele faça exercício por si. Tente, pelo menos, realizar 30 minutos de exercício por dia com o seu cão.

  7. Limite o consumo de calorias pelo seu cão
    Após a esterilização, os requisitos de energia são 25 a 30% mais baixos.

    A opção de reduzir simplesmente a porção habitual de alimento que dá ao seu cão deve ser evitada: este pode sentir-se frustado por estar a ser sujeito a doses baixas de alimento e, em breve, vai começar a pedir mais comida. Adicionalmente, uma restrição dietética significativa pode expor o cão a deficiências nutricionais. O seu cão deve, por isso, receber todos os componentes nutricionais essenciais à sua saúde em quantidade suficiente.

    É preferível dar ao seu cão uma dose adaptada às suas novas necessidades, imediatamente após a esterilização. Pode, inclusive, fazer a transição para esta nova dieta antes da cirurgia, de modo a evitar o stress do cão provocado por alterações na dieta durante o recobro.

    Uma dieta especialmente formulada para cães esterilizados fornece menos calorias, enquanto permite a manutenção de um volume suficiente de alimento. Para diminuir a concentração energética, este tipo de alimento geralmente contém menos lípidos do que uma dieta de manutenção convencional.

Uma gama de 4 produtos, concebidos especificamente para o seu cão esterilizado, de modo a ajudá-lo a manter um bom estado de saúde ao longo de toda a vida.

products-falvours-dog.png

logos Nutrition & Global Profile.jpg