Virbac Portugal

Fundador

Pierre-Richard Dick: o impulso criativo

"Carismático", "trabalhador", "visionário": aqueles que conheciam o médico veterinário Pierre-Richard Dick recordam uma personalidade extraordinária. Qualidades excepcionais que o fundador da Virbac traria para a saúde animal e para uma aventura humana formidável.

Desde o seu nascimento na Alsácia em 1937, o único filho de um pequeno construtor civil, Pierre-Richard Dick viria a conhecer um destino fatídico, desaparecendo no mar em 1992.

Um carácter de aço endurecido

A força extraordinária do carácter de Pierre-Richard Dick foi cultivada através de uma infância repleta de dificuldades. Em 1940, depois da morte do seu pai, vítima da II Guerra Mundial, ficou orfão, e apenas com 3 anos de idade ficou sob custódia do Estado. Nesse mesmo ano, a sua mãe foi obrigada a entregar a casa de família ao exército Alemão em Saverne, Alsácia. Criou o seu filho sozinha, primeiramente em Dijon, depois em África. Aos 11 anos de idade, na serralharia da família em Shirmeck, o tornozelo de Pierre-Richard Dick foi esmagado por um camião que transportava madeiras; outra partida que a vida lhe pregou, da qual viria a recuperar, após nove meses de imobilização forçada. Uma década mais tarde, quando cumpria serviço militar com os Spahis, chegou a percorrer mil quilómetros a pé para atravessar o Deserto da Mauritânia! Foi através das adversidades que enfrentou que construiu os seus valores, que serviriam de base e constituíram uma doutrina para o resto da sua vida.

Foto Escola Dr. Pierre-Richard.png
 

Empreendedor e criador

Em 1961, acabado de sair da escola veterinária Maisons-Alfort, o jovem médico veterinário Pierre-Richard Dick completa a sua formação frequentando um curso de microbiologia no Instituto Pasteur. Ali adquire o conhecimento que o irá guiar na rota das primeiras vacinas produzidas pela Virbac. Aos 26 anos, integra a Ronchèse, o laboratório de biologia mais antigo de Nice. O seu trabalho é rapidamente reconhecido e é promovido a Director de Investigação, Uma brilhante carreira estava reservada para ele num laboratório com um indiscutível profissionalismo. Mas as ambições do Dr. Dick eram completamente diferentes. Um empreendedor de coração, o jovem Pierre-Richard tinha ideias para vender: basicamente, o sonho dele era criar o seu próprio laboratório e desenvolver novas moléculas para combater as doenças dos animais, que naquela altura eram pouco ou nada tratadas.

A origem da criação da Virbac, uma faísca: a reunião no verão de 1965, entre Pierre-Richard Dick e o seu associado Max Rombi, que permaneceria como tal até ao princípio dos anos 80. Seis anos mais velho, Max Rombi era proprietário de uma pequena clínica veterinária em Nice. Os dois futuros co-fundadores, que partilhavam uma série de ideias e uma intuição extraordinária, formaram imediatamente um duo, cuja sinergia foi o milagre que trouxe a Virbac à vida. Foi Pierre-Richard Dick que tomou a decisão que viria a mudar tudo: no Outono de 1967, abandona o conforto do seu cargo na Ronchèse, ficando disponível para a criação do laboratório de investigação que tanto sonhara – a Virbac. Pierre-Richard Dick abre uma clínica veterinária no centro comercial Cap 3000, o primeiro em França. Nos dois anos seguintes, usa o seu salário para suportar as despesas, nomeadamente na compra de matéria-prima e para o desenvolvimento de novos medicamentos. Em 1970, vende a clínica para se dedicar a 100% à Virbac.

Pierre-Richard e Max.png

 

Ambição e intuição: uma mistura explosiva

Quem diria que, 50 anos depois, o modesto laboratório criado em Janeiro de 1968, num pequeno apartamento de 3 quartos em Nice, estaria entre os 10 maiores laboratórios veterinários no mundo? Quando preparava antibióticos para os médicos veterinários locais, terá tido o Dr. Pierre-Richard Dick um sinal do que estaria por vir? De qualquer modo, as suas escolhas estratégicas foram visionárias desde o princípio. Começando a sua atividade em 1969, bem antes de outros laboratórios, a missão e o foco da Virbac era de facto melhorar os cuidados com os animais de companhia, mesmo quando os animais de produção ainda constituíam o mercado dominante. Logo do início, por insistência do seu CEO, o laboratório aposta na sua internacionalização. Terceira escolha de inspiração: a inovação guiada pelas necessidades tangíveis dos médicos veterinários, longe da lógica da investigação de base que ele conhecera até então. A base para o sucesso a longo prazo foi construída. Uma base empresarial sólida na qual as equipas da Virbac investem incansavelmente para suster uma empresa impregnada de valores humanos, com um desejo de colocar a inovação ao serviço dos problemas da saúde animal.

Pierre-Richard Dick sempre foi um viciado no trabalho. Dormia muito pouco: 3 a 4 horas por noite. E demonstrou uma curiosidade insaciável. Ele nunca deixava de ler, investigar, viajar e reunia-se frequentemente com pessoas, documentando todas as suas observações e ideias num pequeno bloco de notas que trazia sempre consigo. Quantas vezes os seus colaboradores encontraram uma página do seu bloco ou um artigo científico em cima da sua secretária, com uma sugestão para aprofundar o assunto! Para o médico veterinário, conhecimento e curiosidade, que são as raízes da inovação, bem como a audácia e a assunção de riscos, são as bases para os maiores sucessos coletivos. Estes são os pilares do espírito Virbac que as equipas continuam a abraçar atualmente.

Grupo Virbac

Valores

Quatro datas de um destino único
Pierre-Richard no novo escritório.png

1961: graduado da escola veterinária Maisons-Alfort, Pierre-Richard Dick ingressa no Instituto Pasteur para completar a sua formação em virologia e bacteriologia.

1968: Virbac, primeiro acto. A farmacêutica dedicada aos produtos veterinários é alocada num pequeno apartamento de 3 quartos, em Nice.

1985: impulsionado pelo seu fundador, a Virbac começa a negociar no mercado secundário da Bolsa de Valores de Paris.

1992: Pierre-Richard Dick morre no mar aos 55 anos.

dr-dick-national-service.pngAcampamento na Mauritânia: no final dos anos 50, depois de terminar os seus estudos médico-veterinários, o Dr. Pierre-Richard Dick viaja mais de mil quilómetros pelo deserto, como parte do seu serviço militar. Descobre assim aquele que viria a ser o início do seu talento para a liderança, que mais tarde seria um dos seus pilares na vida.

Reception mairie Nice.pngPierre-Richard Dick reúne-se com médicos veterinários e colaboradores da Virbac na receção, em Nice City Hall, no início dos anos 80.

Bateau PRD.pngPierre-Richard Dick ao leme do seu barco, durante o Swan Cup em 1982. O Dr. Dick, a sua mulher e os seus quatro filhos passeavam frequentemente no seu barco de família, partilhando momentos de lazer, onde podiam ser vistos com frequência. Foi a seu lado que o seu filho, Jean-Pierre, descobre a vela e os prazeres e sensações da regata. Foi também uma oportunidade para criar laços com o seu pai.