Virbac Portugal

Doenças

Pontuação 0 (0 Avaliação)

Incontinência urinária

Saber diagnosticá-la

A incontinência urinária, por incompetência do esfíncter uretral, afecta especificamente os cães esterilizados. A cadela urina enquanto dorme, normalmente em cima do seu local de descanso (cesta, almofada, chão…). É um acto voluntário que não nada a ver com falta de asseio.

Isto poderá despoletar algum stress nas cadelas habituadas a serem muito asseadas. Durante o dia, a cadela urina normalmente. As perdas de urina não são sistemáticas e podem ocorrer apenas em algumas noites.

O mecanismo ainda não é totalmente claro mas acontece habitualmente em cadelas a quem lhes foram retirados os ovários. É importante referir que esta situação é independente da técnica utilizada na referida cirurgia. O esfíncter que fecha a bexiga torna-se incapaz e a bexiga abre-se para escoar a urina.

A incontinência ocorre, em média, 2 anos e meio após a esterilização da cadela. São sobretudo as cadelas de grande porte (peso superior a 20 kg) que são afectadas, com uma predisposição de certas raças como o boxer ou o dobermann.

 

Responda a este pequeno questionário para saber se deverá suspeitar de incontinência urinária na sua cadela. Se responder SIM a, pelo menos, 2 destas questões, fale com o seu médico veterinário que lhe poderá apresentar uma solução.

Avalie este conteúdo: 5 4 3 2 1

QUESTÕES A COLOCAR

A sua cadela tem um peso superior a 20 kg?



A sua cadela está esterilizada?



A esterilização foi realizada há mais de 2 anos?



Encontra urina principalmente no local de descanso da sua cadela?